FEHOSUL realiza segunda reunião do Grupo de Fisioterapia

Evento contou com a participação de representantes da ASSOFISIO-RS e do CREFITO-5

FEHOSUL realiza segunda reunião do Grupo de Fisioterapia

Na quarta-feira (28), ocorreu a segunda reunião do Grupo de Fisioterapia da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos do RS (FEHOSUL), com a participação de representantes da Associação dos Proprietários de Clínicas e Serviços de Fisioterapia do RS (ASSOFISIO-RS) e do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 5ª Região (CREFITO-5).

O grupo estuda as melhores alternativas para afirmar e tornar efetiva a atividade de fisioterapia dentro do contexto da saúde estadual. Na área da saúde suplementar, várias operadoras ainda não disponibilizaram os recursos da fisioterapia aos seus beneficiários de forma ampla, com fácil acesso e de forma resolutiva.

Neste sentido, o grupo de fisioterapia da FEHOSUL desenvolve um esforço especial para tornar viável a fisioterapia ambulatorial aos beneficiários do IPE-SAÚDE e outras operadoras de plano de saúde do estado.

Durante a reunião, foi apreciada a constituição legal das clínicas de fisioterapia em relação aos profissionais responsáveis e operacionais. O procurador jurídico do CREFITO-5, Dr. Augusto Luvison,  discorreu sobre vários aspectos jurídicos relativos ao tema, destacando a importância do fisioterapeuta como empreendedor e a necessária adoção de um referencial próprio da especialidade para a remuneração dos serviços prestados. Luvison também enfatizou que a Referência Nacional de Remuneração dos Procedimentos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional já foi elaborada e apresentada ao Conselho Regional, Clínicas e Fisioterapêutas.

Ao encerrar a reunião, o presidente da ASSOFISIO-RS, Jorge Luiz Nienow, destacou a importância da reunião e a evolução e profundidade dos temas debatidos. Além de agradecer a FEHOSUL pela parceria e competente condução do grupo.

O Diretor Executivo da FEHOSUL, Flávio Borges, acredita no êxito dos pleitos apresentados. “Destaco que as importantes ações debatidas aqui devem ser desenvolvidas no âmbito nacional, estadual e municipal junto ao SUS, IPE-SAÚDE e outras operadoras de plano de saúde”, declara.

A próxima reunião ocorrerá no dia 11 de abril, na sede da FEHOSUL.